Logo da empresa Cram
Cram - Divulgação

Se você é concurseiro, estudante universitário, está aprendendo novos idiomas ou estuda em qualquer outra área, precisa conhecer o Cram.

Afinal, esse programa é uma excelente ferramenta para você usar em sua rotina de estudos, pois ajuda muito a fixar o aprendizado, além de auxiliar você a testar seus conhecimentos de formas diferentes e descontraídas.


4 Passos Simples para Passar em uma Entrevista de Emprego em Inglês:


Pensando nisso, hoje trouxemos para você muitas dicas sobre esse software, sua metodologia, porque ele é tão eficiente e o modo como você deve utilizá-lo para maximizar a aquisição do conhecimento com ele.

Assim sendo, não deixe de acompanhar até o final se quiser conhecer uma das ferramentas digitais mais proficientes para estudos que existem: o Cram.

Saiba mais sobre o Cram

O Cram é um software de aprendizado criado em 2001 por Culley Harrelson. Originalmente chamado de Flashcard DB, ele passou a se chamar Cram.com após a companhia ser vendida.

Criado para ser uma ferramenta de revisão de estudos, o Cram já foi usado por milhões de pessoas ao redor do mundo, e usa uma metodologia considerada um dos pilares das técnicas de ensino: os flashcards.

Com esse método, você pode memorizar as informações através de insights rápidos, que seu cérebro consegue decifrar em segundos para encontrar a resposta correta, o que contribui para dinamizar a fixação do conteúdo estudado.

Além disso, ele também permite que você teste suas habilidades por meio de avaliações com os flashcards, testes de escrita, de múltipla escolha, além de games divertidos para você praticar enquanto se diverte.

E para que você compreenda como essa técnica pode ser positiva para sua rotina de estudos, vamos falar sobre as características da metodologia aplicada pelo Cram. Acompanhe e confira.

O que são Flashcards?

Flashcards nada mais são do que sua própria tradução literal do inglês sugere, ou seja, cartões rápidos. Basicamente, eles consistem em cartões com a questão de um lado e a resposta do outro.

Os flashcards podem ser confeccionados à mão, em papel de gramatura mais firme e escritos à caneta, ou usando ferramentas digitais, como o Cram.com.

De toda forma, eles ajudam bastante na rotina de estudos, tendo sua eficácia comprovada cientificamente, como veremos nos tópicos a seguir.

Aprenda mais sobre o que é Flashcard

Por que estudar com flashcards é vantajoso?

Não é de hoje que os flashcards são utilizados como ferramentas de estudos, principalmente no que diz respeito à revisão dos tópicos mais importantes.

Para você ter uma ideia, o primeiro conjunto de flashcards de que se tem registro, chamado Reading Disentangled, data do século XIX, criado pelo professor inglês Favell Lee em 1834.

Desse modo, existem várias razões para esse método ter atravessado os séculos como uma técnica eficiente para auxiliar nos estudos. A seguir, listamos os principais conceitos que fazem do flashcard uma importante ferramenta no processo de aprendizagem.

Metacognição

Metacognição é a capacidade que todo ser humano tem de administrar seus próprios processos cognitivos, ou seja, de estudar inglês sozinho, avaliar o que aprendeu e, assim,  identificar os pontos fracos, que necessitam de mais atenção e revisão.

E isso tudo é proporcionado pelo estudo com flashcards. Afinal, você lê a questão, responde para si próprio e, depois, confere se estava certo ou errado. Aliás, segundo muitos especialistas, revisar e avaliar seu próprio desempenho é uma das melhores formas de fixar o conteúdo.

O Cram potencializa esse conceito, uma vez que você pode usar os flashcards para memorizar o conteúdo e, após cada resposta, você indica se acertou ou errou. Depois, ao final da lição, você pode ver suas estatísticas para se concentrar nos pontos que precisam de mais atenção.

Fenômeno da Reminiscência

Abordado pela primeira vez pelo psicólogo inglês Ballard, em 1913, o Fenômeno da Reminiscência descreve o processo pelo qual nós fixamos melhor o conteúdo aprendido quando ele é revisado após algum tempo.

Isso porque, depois de estudarmos uma lição, nosso cérebro começa a esquecê-lo e forma a chamada “curva do esquecimento”, na qual os conteúdos vão sendo esquecidos gradativamente até sumirem completamente da nossa mente.

Para contornar o fenômeno da reminiscência, os flashcards são uma boa ferramenta, pois permitem que você tenha um insight rápido que resgata a informação quando ela está na iminência de ser esquecida.

Repetição espaçada

A repetição espaçada é outro conceito de estudo que pode ser posto em prática com o uso de flashcards. Afinal, como vimos no tópico passado, o conhecimento começa a ser esquecido logo depois que o adquirimos em uma aula ou um livro, por exemplo.

E os estudos do psicólogo P. B. Ballard mostraram que a melhor forma de “burlar” a curva do esquecimento é revisar os conteúdos a intervalos cada vez maiores de tempo.

Ademais, fazer isso com o conteúdo na íntegra, como ler o livro todo, por exemplo, é praticamente impossível. Então, com os flashcards você aborda os tópicos mais importantes que fazem o seu cérebro relembrar toda a lição quando já a estava quase esquecendo.

Por exemplo, vamos supor que você está estudando História. Então, lê um capítulo inteiro sobre Feudalismo e não se lembra mais do conteúdo todo.

Porém, se você ver um flashcard com a questão: “Características do Feudalismo”, seu cérebro recebe um gatilho que o faz acessar as memórias armazenadas, fazendo você se lembrar de que a resposta é “Política descentralizada, economia rural e sociedade estamental”.

Desse modo, ao se recordar desses pontos principais, você consegue lembrar o resto, como o que vem a ser o conceito de política descentralizada, etc.

Otimização do tempo de estudo

Geralmente quando estamos estudando um novo idioma, ou para um concurso, por exemplo, é difícil arrumar tempo para se dedicar. Afinal, são muitos conteúdos a serem aprendidos e, na maior parte das vezes, precisamos conciliar tudo isso com uma rotina já corrida.

Sendo assim, usar flashcards é muito positivo nesse sentido, pois eles abordam os tópicos principais de cada conteúdo, o que agiliza o processo e permite que você revise muitas lições em pouco tempo.

Como utilizar o Cram para estudar?

Já vimos até aqui como os flashcards são uma excelente ferramenta de estudos. Agora, vamos falar sobre como o Cram.com pode ajudar a maximizar essa eficiência, uma vez que usa a metodologia de flashcards e ainda oferece vários outros recursos.

A seguir, veremos de que formas você pode usar o Cram para impulsionar seu processo de aprendizagem e ainda deixá-lo mais leve e divertido.

Com Flashcards

O Cram.com permite que você use os flashcards para revisar lições, mas não é só isso. Com ele, você pode tanto acessar os mais de 195 milhões de memory cards já produzidos e armazenados na biblioteca do programa, quanto criar seus próprios flashcards e, assim, aprender ainda mais durante o processo de confecção.

E para ajudar você a compreender essas duas maneiras, vamos falar sobre cada uma delas em separado.

Encontre flashcards prontos

O primeiro passo é baixar o Cram.com em seu celular, pelo Google Play ou App Store, ou acessar o site pelo navegador do seu computador. Depois, para ter acesso a opções mais personalizadas, faça login, com uma conta própria e a criação de uma senha, ou utilizando sua conta do Google.

É importante lembrar que o site é todo em inglês, mas que produz flashcards em vários idiomas, o que inclui o português.

Assim, depois de fazer o login e estar com a interface do programa aberta, você deve clicar na caixa de texto, do lado do ícone de lupa, onde se lê “Find flashcards to study”.

Ali, você deve inserir o tipo de disciplina ou tema que deseja. Por exemplo, você pode inserir “Inglês”, ou “Medicina”, etc.

Feito isso, você será direcionado para uma página com todos os decks existentes com o tema que você procurou. Clique no qual deseja e, então, você terá acesso aos flashcards armazenados ali.

Crie seus próprios flashcards

Agora, se você deseja criar seus próprios memory cards, pode clicar em “Create Flashcards”. Então, você irá para a página de edição, onde deve informar o título do seu curso e, se quiser, a classificação.

Por exemplo, se você estiver estudando Inglês, pode colocar o título como “Inglês” e o subtítulo como “Verbos”. Você também pode adicionar uma descrição do que se trata o curso e indicar se quer que ele seja público ou privado.
Se escolher “Public”, todos os usuários do programa terão acesso a ele. Enquanto isso, se você clicar em “Private”, somente você poderá vê-lo na plataforma.

Nessa mesma página de edição, você deve informar o idioma no qual as informações dos flashcards devem ser mostradas, tanto na frente quanto no verso.

Uma coisa muito interessante do Cram, é que você pode compilar uma lista completa de informações em uma planilha do Google Drive e, depois, importá-la para o programa. Desse modo, você elabora uma grande quantidade de flashcards de uma só vez, o que otimiza o tempo de criação.

Para isso, é só clicar em “Import a flashcard set”, escolher de onde quer fazer o upload e o formato de coluna que deseja.

Você também pode criar o deck carta por carta, clicando nas caixas de texto e inserindo a questão em “Front” e a resposta em “Back”. Você pode, ainda, inserir imagens e outros elementos para personalizar seus cartões.

Após criar todos os flashcards que quiser, clique em “Create Set” para salvar seu deck.

Memorize

Com seu baralho de flashcards criado, ou se você escolher estudar com os conjuntos prontos do Cram, você pode decidir de que maneira deseja utilizá-lo. Uma dessas formas, é o modo “Memorize”.

Para isso, é só clicar no card correspondente e iniciar. Com esse método, você irá revisar as lições usando a metacognição, da qual já falamos. Além disso, o algoritmo do Cram dá uma “forcinha” para você avaliar seu desempenho, pois ele informa as estatísticas de erros e acertos ao final da lição.

Na prática, funciona assim:

  • Você clica para começar e o flashcard com a questão é exibido;
  • Você responde mentalmente e, após estar certo da resposta, clica em “See answer”;
  • Após ver o resultado, se tiver acertado, clica em “I was right” e, se tiver errado, clica em “I was wrong”;

Quando a lição acabar, você verá seu índice de acertos e de erros e poderá se concentrar nos pontos da lição que precisa melhorar.

Para obter resultados satisfatórios, é muito importante que você seja honesto e informe corretamente as informações de erros e acertos, caso contrário, as estatísticas não serão precisas e não mostrarão o cenário real do seu desempenho.

Teste suas habilidades

Outro modo de estudar com o Cram, é por meio do teste das habilidades que ele oferece. Você ainda pode escolher entre diferentes métodos de avaliação, como múltipla escolha, escrita, verdadeiro ou falso, etc.

Assim, usando as informações contidas nos flashcards, o Cram elabora questionários para você responder e analisar onde está indo bem e onde precisa melhorar.

Ao final do teste, você também pode ver quais questões acertou e quais errou. Desse modo, além de fixar melhor o conteúdo por meio de exercícios, você simula uma prova de verdade e desenvolve seu raciocínio.

Para fazer uso desse método, após criar seus flashcards ou escolher um deck pronto, você deve clicar no card “Test”, escolher os estilos de avaliação e clicar para começar.

Cram Games

Agora, se você prefere uma maneira mais lúdica e divertida de praticar com flashcards, você pode utilizar os games didáticos disponibilizados no Cram.

Com base nos dados dos flashcards, o programa oferece dois jogos: o Jewels of Wisdom e o Stellar Speller.

No primeiro, você coleta prêmios ao acertar as combinações entre as questões e respostas. Enquanto isso, no segundo, você soletra as respostas enquanto destrói as naves alienígenas antes que o tempo acabe.

Dessa maneira, você fixa os conteúdos enquanto se diverte, o que é um bom alívio das horas e horas debruçado sobre os livros, não é mesmo?

Esse modo pode ser acessado clicando em “Games”. Depois, basta escolher qual jogo você quer, ler as instruções e clicar em “Play now”. As estatísticas ficam salvas na plataforma para você poder acompanhar seu progresso.

Conclusão

Como vimos, estudar não precisa ser algo rígido, cansativo e maçante. Afinal, os flashcards estão aí há mais de dois séculos para provar que é possível estudar de maneira lúdica e dinâmica, não é mesmo?

E como a nossa era é digital, é natural que excelentes versões virtuais dessa ferramenta de estudo surjam, como é o caso do Cram.com.

Com ele, além de aproveitar todas as vantagens trazidas pelo estudo com flashcards das quais já falamos, você ainda tem acesso a outros recursos exclusivos. E o melhor de tudo é que o Cram é totalmente gratuito.

Então, não importa se você está aprendendo um idioma novo, se é um estudante universitário, um concurseiro ou alguém querendo melhorar suas skills no trabalho: o Cram é um programa perfeito para auxiliar você nessa jornada.

Agora que você já sabe tudo sobre o Cram, não perca mais tempo e nem oportunidades: comece hoje mesmo a utilizá-lo e turbine seus estudos! Além disso, compartilhe essas informações com seus amigos, familiares e colegas, e ajude outras pessoas a melhorar seu desempenho na hora de estudar.

E lembre-se de voltar sempre aqui, pois temos muitos outros conteúdos interessantes como esse para te mostrar!



4 Passos Simples para Passar em uma Entrevista de Emprego em Inglês:


Carioca, estudante de Direito, servidora pública e apaixonada por vídeo games, tecnologia e cultura pop em geral. Tenho como hobbies consumir e produzir conteúdos relacionados a esses temas que me interessam, e adoro passar horas adquirindo conhecimento sobre os assuntos que mais gosto, tanto que mantenho um canal no Youtube sobre games há 4 anos. Meu contato com inglês vem de longa data, quando notei que para ter acesso a todo um universo de informações, dominar a língua era fundamental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui