AULA 1: Informações Pessoais

AULA 2: Cumprimentos e Apresentações

AULA 3: Como se virar nas Compras

AULA 4: Informações de Direção – Parte 1

AULA 5: Informações de Direção – Parte 2

AULA 6: Modal Verbs (Verbos Modais)

AULA 7: Likes and Dislikes

AULA 8: Horas em Inglês

AULA 9: Pronomes Demonstrativos em Inglês

AULA 10: Pegando um ônibus

AULA 11: Verbo To Be – Positivo e Negativo

AULA 12: Verbo To Be – Contrações

AULA 13: Verbo To Be – Contrações (Revisão)

AULA 14: Alfabeto em Inglês

AULA 15: Descrevendo Pessoas em Inglês

AULA 16: Como Falar Inglês ao Telefone

AULA 17: Números em Inglês

AULA 18: Como Fazer Perguntas e Respostas em Inglês?

AULA 19: Do e Does – Descubra os Seus Segredos

AULA 20: Falando Sobre o Tempo em Inglês

AULA 21: Gerúndio e Presente Contínuo

AULA 22: Rotina Diária em Inglês

AULA 23: Descrever Sintomas de Doença em Inglês

AULA 24: Intermediário 24: Intensificadores em Inglês

AULA 25: Aula de Inglês no Restaurante

AULA 26: Going to (Simple Future)

AULA 27: Inglês no Hotel

AULA 28: Falar em Inglês no Banco

AULA 29: Expressões com Money

AULA 30: Inglês no Aeroporto

AULA 31: Feliz Natal em Inglês

AULA 32: Profissões em Inglês

AULA 33: Aprendendo Inglês no Ano Novo

AULA 34: Falando de Competições

AULA 35: Housework

AULA 36: Frequência com que falamos as coisas

AULA 37: Nome de coisas em inglês dentro de casa

AULA 38: Falando sobre carros em inglês

AULA 39: Futuro Simples com o Verbo WILL

AULA 40: Verbo TO BE no Passado

AULA 41: Frases em Inglês no Passado

AULA 42: Academia em Inglês e outras Frases

AULA 43: Descrições de Casa em Inglês

AULA 44: Verbos no Passado em Inglês

AULA 45: Datas em Inglês

AULA 46: Passado Contínuo em Inglês

AULA 47: Pronomes Possessivos em Inglês

AULA 48: Convidar alguém para sair

AULA 49: Inglês no Supermercado

AULA 50: Falando inglês com crianças

AULA 51: Entrevista de Emprego em Inglês

AULA 52: Comparativo e Superlativo em Inglês

AULA 53: Expressar Opinião em Inglês

AULA 54: Passar em uma Entrevista em Inglês

AULA 55: Tarefas de Casa em Inglês

AULA 56: Verbo SHOULD e problemas de casa

AULA 57: Verbos no Passado

AULA 58: Verbo CAN

AULA 59: Verbo WILL

AULA 60: COULD e WOULD

AULA 61: Notícias para Aprender Inglês

AULA 62: Used to – Passado em inglês

AULA 63: Inglês para Viagem

AULA 64: Usando TO com os verbos

AULA 65: Inglês no Trabalho

AULA 66: Preposição de Tempo

AULA 67: Inglês nos Negócios

AULA 68: Preposições em Inglês TO e FOR

AULA 69: Preposições de Tempo em Inglês

AULA 70: Finanças Pessoais em Inglês

AULA 71: Personalidade em Inglês

AULA 72: Descrevendo Pessoas em Inglês

AULA 73: Aceitar ou Recusar um Convite em Inglês

AULA 74: Diferença entre SAY e TELL

AULA 75: Diferença entre MAKE and MADE

AULA 76: Diferença entre COME e CAME

AULA 77: Artigos em Inglês THE, A e AN

AULA 78: Tag Questions

AULA 79: Palavras seguidas de Preposições em Inglês

AULA 80: Palavras seguidas de Preposições em inglês




AULAS ATUALIZADAS

AULA 1: Informações Pessoais em Inglês (Completa e Atualizada)

AULA 2: Fazendo Compras em Inglês (Completa e Atualizada)




+ AULAS DE INGLÊS BÁSICO

5 Dicas para Aumentar a Sua Fluência em Inglês!

CUMPRIMENTOS EM INGLÊS [Com QUIZ]

COMO FALAR MEU NOME EM INGLÊS

COMO APRESENTAR PESSOAS EM INGLÊS

COMO IDENTIFICAR PESSOAS EM INGLÊS

COMO PEDIR INFORMAÇÕES EM INGLÊS

COMO DAR INFORMAÇÕES EM INGLÊS

FRASES COM O VERBO TO BE

10 Maneiras de dizer OBRIGADO/DE NADA em inglês

Como DISCORDAR ou CONCORDAR em inglês

Não diga KICK THE BUCKET para dizer CHUTAR O BALDE em inglês

Faça isso para montar frases em inglês com facilidade

110 Frases Essenciais em Inglês Americano

Aprenda a conjugar o VERBO TO BE no PASSADO

Preposições de Lugar em inglês – Aula para Iniciantes

Como usar o WOULD YOU RATHER

Como pedir um corte de cabelo em inglês

IN ON AT – Preposições de Local

Qual a diferença entre MY e MINE?

4 formas de usar a conjunção IF

Was ou Were – Quando e como usar?

Como usar o verbo HAVE, HAS e HAD

Como não errar ao usar HOW MUCH e HOW MANY

Qual a diferença de SHOULD e MUST?

Como Pedir Informações em Inglês

Aprenda as Contrações do Verbo TO BE na negativa

Verbos com ING em Inglês

Como Fazer Perguntas em Inglês de Forma Simples

Como fazer perguntas em inglês com AM/IS/ARE – #1

Como fazer perguntas em inglês com DO/DOES – #2

Como fazer perguntas em inglês com WHAT/HOW/WHEN/WHO #3

Como fazer perguntas em inglês #4

Como fazer perguntas em inglês #5

Quem Está no Básico tem que Entender esse Diálogo em Inglês


EXPRESSÕES E GÍRIAS EM INGLÊS:

AULA 1: Dicas, Gírias e Expressões em inglês

AULA 2: Expressões em inglês: Phrasal Verbs

AULA 3: Expressões em inglês: Verbos Frasais

AULA 4: Expressões em inglês: Conversação em inglês

AULA 5: Dicas, Expressões e Gírias em Inglês

AULA 6: Expressões em inglês: Phrasal Verbs

AULA 7: Expressões em inglês: Gírias de Linguagem

AULA 8: Expressões em inglês: Dating e Relationship

AULA 9: Expressões e Gírias em Inglês

AULA 10: Expressões em Inglês: Eu concordo em inglês

AULA 11: Conversação em Inglês para Iniciantes

AULA 12: 5 Expressões e Gírias em Inglês

AULA 13: 6 Gírias e Expressões em Inglês

AULA 14: 5 Expressões Idiomáticas em Inglês

AULA 15: 5 Expressões Comuns em InglêS

AULA 16: 7 Gírias e Expressões em Inglês com Horse

AULA 17: Expressões em Inglês: Compreensão em Inglês

AULA 18: Expressions in English: Expressando Rejeição

AULA 19: Soletrar Palavras em Inglês

AULA 20: Aprenda Gírias e Expressões de Inglês

AULA 21: 10 Expressões Muito Comuns No Trabalho em Inglês

AULA 22: Não diga KICK THE BUCKET para dizer CHUTAR O BALDE em inglês

AULA 23: Expressões e Frases Básicas em Inglês para Viagens

AULA 24: 10 Expressões em Inglês que NÃO Te Ensinam nos Cursinhos

AULA 25: Como usar a expressão CHEER UP

AULA 26: Como usar a expressão DRESS UP

AULA 27: Como usar a expressão GO AHEAD WITH

AULA 28: Como usar a expressão GO OVER

AULA 29: Como usar a expressão GET BACK

AULA 30: Como usar a expressão GET AWAY WITH

AULA 31: Como usar a expressão DROP OFF

AULA 32: Como usar a expressão FALL OUT WITH SOMEBODY

AULA 33: Como usar a expressão GET TOGETHER

AULA 34: Como usar a expressão FRENEMY

AULA 35: Como usar a expressão "BRING SOMETHING UP”

AULA 36: O que quer dizer “TELL OFF” em inglês?

AULA 37: Como usar a expressão “THINK THROUGH”

AULA 38: Como usar a expressão “GIVE AWAY”

AULA 39: Como usar a expressão “SET UP”

AULA 40: Como usar a expressão “KEEP UP”

AULA 41: Como usar a expressão “LOOK UP TO”

AULA 42: Como usar a expressão “NARROW DOWN”

AULA 43: Como usar a expressão “PAY BACK”

AULA 44: Como usar a expressão “PICK UP”

AULA 45: Como usar a expressão “SLEEP ON IT”

AULA 46: Como usar a expressão “RUN INTO”

AULA 47: O que quer dizer “THANK GOODNESS” em inglês?

AULA 48: O que quer dizer “HAVE YOU EVER” em inglês?

AULA 49: O que quer dizer “SHOW UP” em inglês?

AULA 50: 15 Expressões Para Turbinar o Inglês Hoje

AULA 51: Essas Expressões Não Tem Nos Livros de Inglês




105 EXPRESSÕES MAIS USADAS EM INGLÊS

AULA 1: Expressões Mais Usadas - de 1 a 10

AULA 2: Expressões Mais Usadas - de 11 a 20

AULA 3: Expressões Mais Usadas - de 21 a 30

AULA 4: Expressões Mais Usadas - de 31 a 40

AULA 5: Expressões Mais Usadas - de 41 a 50

AULA 6: Expressões Mais Usadas - de 51 a 60

AULA 7: Expressões Mais Usadas - de 61 a 70

AULA 8: Expressões Mais Usadas - de 71 a 80

AULA 9: Expressões Mais Usadas - de 81 a 90

AULA 10: Expressões Mais Usadas - de 91 a 105


LEITURAS EM INGLÊS

Aprendendo Inglês Online com Leitura

Leitura do Texto "O Mecânico"

Homeless People (Pessoas sem-teto)

Halloween (Reading In English: Halloween)

Aprenda Inglês Lendo o texto "Water in My Apartment"

Leitura em Inglês (Reading in English)

Texto em inglês sobre Shopping

Ler em Inglês o texto "A typical manager’s desk"

Lendo em Inglês o texto "Shopping for Shoes"

Texto em inglês "Facebook and Relationships"

Texto para Aprender Inglês "Quick and Easy"

Pensamento em Inglês

Um presente especial de Natal

Como Melhorar meu Inglês com Leitura

Read in English (Leia em inglês) "At the airport"

Leia o texto em inglês "A visit to the doctor’s office"

Falando sobre Trabalho em Inglês – Parte 1

Falando sobre Trabalho em Inglês – Parte 2

Falando sobre Comidas e Bebidas em inglês – Parte 1

Falando sobre Comidas e Bebidas em inglês – Parte 2

Falando sobre Comidas e Bebidas em inglês – Parte 3

Falando sobre Comidas e Bebidas em inglês – Parte 4

Falando sobre Comidas e Bebidas em inglês – Parte 5

Aprenda Inglês Lendo – Parte 1

Aprenda Inglês Lendo – Parte 2

Aprenda Inglês Lendo – Parte 3

Aprenda Inglês Lendo – Parte 4

Aprenda Inglês Lendo – Parte 5

Aprenda Inglês Lendo – Parte 6

Aprenda Inglês Lendo – Parte 7

Aprenda Inglês Lendo – Parte 8

Aprenda Inglês Lendo – Parte 9

Aprenda Inglês Lendo – Parte 10

Aprenda Inglês Lendo – Parte 11

Aprenda Inglês Lendo – Parte 12

Aprenda Inglês Lendo – Parte 13

Aprenda Inglês Lendo – Parte 14

Aprenda Inglês Lendo – Parte 15

Aprenda Inglês Lendo – Parte 16

Aprenda Inglês Lendo – Parte 17

Aprenda Inglês Lendo – Parte 18

Aprenda Inglês Lendo – Parte 19

Aprenda Inglês Lendo – Parte 20

Aprenda Inglês Lendo – Parte 21

Você Entenderia Esse Diálogo Básico em Inglês?

Se Entender Esse Texto, Seu Nível de Inglês é Intermediário

Se Entender Esse Texto, Seu Nível é Básico em Inglês

Se Entender Esse Texto em Inglês, Você é Intermediário

Teste Seu Nível de Inglês com Este Texto

Aprenda Inglês Mais Rápido Com Este Método

Aprenda Inglês com leitura Guiada

Se Entender Esse Texto em Inglês Você Tem Nível Avançado

Como Aprender Inglês com Textos e Diálogos

Aprender Inglês Lendo Textos Fáceis

Como Aprender Inglês com Textos na Prática

Aprenda Inglês com Leitura Guiada Ao Vivo




DIÁLOGOS EM INGLÊS

Escutando os nativos americanos

Worried about Dad (Preocupado com o papai)

Conversações entre Americanos

Inglês com diálogos - AULA 1 (gravação ao vivo)

Inglês com diálogos - AULA 2 (gravação ao vivo)


CONJUGAÇÕES DE VERBOS IRREGULARES EM INGLÊS

AULA 1: Verbo Irregular SAY

AULA 2: Verbo Irregular MAKE

AULA 3: Verbo Irregular GO

AULA 4: Verbo Irregular TAKE

AULA 5: Verbo Irregular COME

AULA 6: Verbo Irregular SEE

AULA 7: Verbo Irregular KNOW

AULA 8: Verbo Irregular GET

AULA 9: Verbo Irregular GIVE

AULA 10: Verbo Irregular FIND

AULA 11: Verbo Irregular THINK

AULA 12: Verbo Irregular TELL

AULA 13: Verbo Irregular BECOME

AULA 14: Verbo Irregular SHOW

AULA 15: Verbo Irregular LEAVE

AULA 16: Verbo Irregular FEEL

AULA 17: Verbo Irregular PUT

AULA 18: Verbo Irregular BRING

AULA 19: Verbo Irregular BEGIN

AULA 20: Verbo Irregular KEEP

AULA 21: Verbo Irregular HOLD

AULA 22: Verbo Irregular WRITE

AULA 23: Verbo Irregular STAND

AULA 24: Verbo Irregular HEAR

AULA 25: Verbo Irregular LET

AULA 26: Verbo Irregular MEAN

AULA 27: Verbo Irregular SET

AULA 28: Verbo Irregular MEET

AULA 29: Verbo Irregular RUN9

AULA 30: Verbo Irregular PAY

AULA 31: Verbo Irregular SIT

AULA 32: Verbo Irregular SPEAK

AULA 33: Verbo Irregular LIE

AULA 34: Verbo Irregular LEAD

AULA 35: Verbo Irregular GROW

AULA 36: Verbo Irregular LOSE

AULA 37: Verbo Irregular READ

AULA 38: Verbo Irregular FALL

AULA 39: Verbo Irregular UNDERSTAND

AULA 40: Verbo Irregular SEND

AULA 41: Verbo Irregular DRAW

AULA 42: Verbo Irregular BUILD

AULA 43: Verbo Irregular BREAK

AULA 44: Verbo Irregular SPEND

AULA 45: Verbo Irregular CUT

AULA 46: Verbo Irregular RISE

AULA 47: Verbo Irregular DRIVE

AULA 48: Verbo Irregular BUY

AULA 49: Verbo Irregular WEAR

AULA 50: Verbo Irregular CHOOSE




VERBO TO BE

Conjugar o verbo TO BE no PASSADO

Frases com o verbo TO BE

Desvendando o Verbo TO BE

Verbo TO BE no Passado

Verbo TO BE – Contrações

Verbo TO BE – Positivo e Negativo

Was ou Were – Quando e como usar?

Contrações do Verbo TO BE na negativa

Contrações do Verbo TO BE de Forma Simples




+ VERBO EM INGLÊS

Modal Verbs (Verbos Modais)

Phrasal Verbs (Verbos Frasais) - parte 3

Phrasal Verbs (Verbos Frasais) - parte 2

Phrasal Verbs (Verbos Frasais) - parte 1

Segredos dos Verbos DO e DOES

Verbos Irregulares em Inglês

Simple Future com o Verbo WILL

Verbos no Passado em Inglês

Verbo SHOULD e problemas de casa

Verbs in the Past (Verbos no Passado)

Verbo CAN (verbo PODER em inglês)

Verbo WILL (Falando ao telefone)

Usando TO com os verbos

Como usar o verbo HAVE, HAS e HAD

Como usar o verbo GET em inglês

Verbos com ING em Inglês

Used to / Be used to / Get used to

7 Phrasal verbs muito comuns com “OVER”


10 maneiras de CUMPRIMENTAR ALGUÉM em Inglês

10 maneiras de dizer TCHAU em inglês

10 maneiras de dizer BOM TE CONHECER em inglês

10 maneiras de dizer BOA VIAGEM em inglês

10 maneiras de dizer VAMOS EMBORA em inglês

10 maneiras de dizer VAMOS MANTER CONTATO em inglês

10 maneiras de dizer EU ACEITO em inglês

10 maneiras de dizer EU TE ENTENDO em inglês

10 maneiras de dizer VOCÊ ENTENDEU em inglês

7 maneiras de dizer NÃO em inglês

10 maneiras de DISCORDAR em inglês

10 maneiras de dizer EU NÃO GOSTO em inglês

10 maneiras de COMO COMEÇAR UMA CONVERSA em inglês

7 maneiras de dizer EU PRECISO FALAR COM VOCÊ em inglês

8 maneiras de dizer VÁ DIRETO AO PONTO em inglês

10 maneiras de como descrever a sua amizade em inglês

10 maneiras de dizer RELAXA em inglês

12 maneiras de dizer FALA SÉRIO em inglês

10 maneiras de dizer EU ESTOU ESTRESSADO em inglês

10 maneiras de Elogiar a Roupa de Alguém em inglês

10 maneiras de dizer CUIDA DA SUA VIDA em inglês

Como dizer EU GOSTARIA QUE VOCÊ em inglês?

Como dizer o Nome dos Membros Da Família em inglês?

Como dizer os Dias Da Semana em inglês?

Como dizer PERDER A OPORTUNIDADE em inglês?

Como dizer a Data do Seu Aniversário? em inglês

Como dizer o Nome das Notas de Dinheiro e Moedas em inglês?

Como descrever sua Casa em inglês?

Como dizer BEM PENSADO em inglês?

Como dizer VAGABUNDEAR em inglês?

Como dizer QUAL O PROBLEMA em inglês?

Como dizer NÃO TEMOS A MÍNIMA CHANCE em inglês?

Como dizer FAZER UMA VISITA em inglês?

Como dizer FALTAR AULA em inglês?

Como dizer EU NÃO AGUENTO em inglês?

Como dizer ENLOUQUECER em inglês?

Como dizer SE DIVERTIR MUITO em inglês?

Como dizer ALEGRAR ALGUÉM em inglês?

Como dizer EU JURO POR DEUS em inglês?

Como dizer EU NÃO ESTOU BRINCANDO COM VOCÊ em inglês?

Como dizer FALAR MERDA DE ALGUÉM em inglês?

Como dizer FAZ PARTE DO JOGO em inglês?

Como dizer FICA A VONTADE em inglês?

Como dizer FORA DESTE MUNDO em inglês?

Como dizer NA VERDADE em inglês?

Como dizer NÃO SE METE COMIGO em inglês?

Como dizer PEGAR NO PÉ DE ALGUÉM em inglês?

Como dizer que alguém está irritado em inglês?

Como dizer TIRAR VANTAGEM em inglês?

Como dizer AFINAL DE CONTAS em inglês?

Como dizer A RESPEITO DE em inglês?

Como dizer AGORA MESMO em inglês?


Gravações das LIVE:


6 dicas de inglês para aprender mais rápido – LIVE com o professor Paulo Barros

Como se Apresentar em Inglês com Confiança (Informações Pessoais)

Testando Transmissão Ao Vivo (Testing Live Stream)

Como melhorar a pronúncia em inglês de forma simples

Como se tornar um autodidata em inglês com D.M.P

7 dicas para memorizar vocabulário em inglês mais rápido

10 Coisas para Melhorar a Pronúncia em Inglês

50 Expressões Básicas em Inglês que Você Precisa Saber

Se você aprender inglês com isso… será muito mais rápido!

Aprenda Inglês com Histórias da Vida Real

Frases em inglês fáceis de memorizar

Expressões e Frases Básicas em Inglês para Viagens

Entendo Inglês Mas Não Falo – SOLUCIONADO

Como Memorizar Inglês Muito Mais Rápido

Inglês Winner – Resumão da Semana Com Muitas Dicas de Inglês

Como Aumentar Seu Vocabulário Em Inglês Mais Rápido

10 Phrasal Verbs muito comuns em inglês

Esse Teste Revela Se Você Tem Ou Não Dom Para O Inglês

4 Segredos para Pronunciar Inglês como Nativos

Truque para Treinar a Fluência em Inglês

Como Aprender Inglês com Músicas

Como Memorizar Inglês Mais Rápido

Como Pronunciar Inglês como um Nativo

Como Turbinar Seu Inglês Praticando 30 Minutos por Dia

Como Turbinar Seu Inglês na Quarentena do Coronavírus

Expressões em Inglês que Não Se Aprende em Cursinhos – com professora americana Sara

Como Praticar Conversação Em Inglês Sozinho

Como Aprender Inglês em Casa do Zero

Aprenda Inglês Com Rock And Roll

Como Aprender Inglês com Textos e Diálogos

Aprenda Inglês com Música do U2

Aprenda Inglês com Séries na Prática

Aprenda Inglês com Diálogos

Aula de Inglês com Séries Friends

Você não precisa ser fluente em inglês para viajar e fazer negócios

Aprender Inglês Lendo Textos Fáceis

Como Aprender Inglês Sem Gramática

Aprenda Inglês com Diálogos Reais na Prática

5 Segredos para Memorizar Inglês Mais Rápido

5 Segredos para uma Pronúncia Elogiável em Inglês

15 Passos Simples Para Chegar a Fluência em Inglês Mais Rápido

Como Destravar os Ouvidos para o Inglês

Faça Isso Todos os Dias e Aprenda Inglês Mais Rápido

Aprenda Inglês com Leitura Guiada Ao Vivo

What’s up everybody! How are you all doing? I hope you’re all doing fine. ( E aí, pessoal! Como estão todos vocês? Espero que todos vocês estejam bem). Hoje, iremos falar sobre 5 segredos para memorizar inglês mais rápido.

Existe algo que se chama curva do esquecimento. Mas teacher Paulo, o que seria isso?

A curva do esquecimento é um modelo de memória influente. Esta curva mostra como as informações aprendidas escapam de nossas memórias ao longo do tempo, a menos que tomemos medidas para mantê-las lá.

A queda mais acentuada na memória acontece rapidamente após o aprendizado. Por isso é importante revisitar as informações que você aprendeu mais cedo ou mais tarde. Depois disso, revisões regulares ajudarão a reforçá-la. Mas você pode deixar intervalos cada vez maiores entre essas sessões de revisão. Isso é conhecido como “aprendizado espaçado”.

Isso irá ajudar a reforçar seu aprendizado e a melhorar seu poder de recordação, para que você possa se lembrar do que aprendeu a longo prazo. Outras estratégias que você pode usar para melhorar sua memória são: aprender informações em demasia, tornar o que você deseja aprender significativo e desafiar sua memória regularmente.

O processo de esquecer das coisas pode ser irritante, principalmente quando você está tentando aprender uma nova habilidade ou absorver informações vitais. Quando você não consegue se lembrar do conhecimento de que precisa, o estresse pode aumentar e sua confiança pode sofrer um golpe. Pode até levar a perda de tempo, oportunidades perdidas e erros caros.

Mas, quando você entende por que esquece, você pode tomar medidas para evitá-lo e certificar-se de que o que você irá aprender, pelo menos permaneça!

Neste artigo, exploramos a curva do esquecimento, um modelo duradouro que demonstra como as memórias são perdidas ao longo do tempo e o que podemos fazer para reforçar as coisas que aprendemos, para que possamos lembrá-las com mais eficácia e assim podemos memorizar inglês mais rápido.

A nossa memória é importante para nossa sobrevivência. Nossos cérebros são bons em armazenar informações que nos ajudam a evitar danos físicos ou psicológicos.

Somos particularmente bons em lembrar das coisas que precisamos saber, que são detalhes de vital importância para nossa sobrevivência. Por exemplo, alimentos que devemos evitar, caminhos ou áreas que devemos seguir e as pessoas que são importantes em nossas vidas.

Também tendemos a nos lembrar de experiências que desencadeiam emoções poderosas, tais como surpresa, medo, sucesso ou alívio por mais tempo.

Mas isso significa que muitas das coisas que queremos aprender (ou que outras pessoas precisam que saibamos) podem desaparecer de nossa memória com muita facilidade.

É aqui que entra a Curva do Esquecimento!

Mas de onde veio e qual é essa curva de esquecimento?

O psicólogo alemão Hermann Ebbinghaus queria entender mais sobre por que esquecemos as coisas e como evitá-lo. Sua pesquisa produziu a Curva de Esquecimento, uma representação visual de como a informação aprendida se desaparece com o tempo.

ebbinghaus
Gráfico da curva de esquecimento e retenção de Ebbinghaus – Imagem: Reprodução

Ebbinghaus experimentou sua própria habilidade de lembrar usando uma lista de sílabas sem sentido, que ele tentou lembrar após diferentes períodos de tempo. Suas experiências e resultados revelaram uma série de aspectos-chave da memória:

  • As memórias enfraquecem com o tempo. Se aprendemos algo novo, mas não fazemos nenhuma tentativa de reaprender essa informação, nos lembramos cada vez menos disso com o passar das horas, dias e semanas.
  • A maior queda na retenção ocorre logo após o aprendizado. Isso é refletido pela queda acentuada no início da Curva do Esquecimento (veja a figura 1). Sem revisar ou reforçar nosso aprendizado, nossa capacidade de reter as informações despenca. Por exemplo, você pode sair de um webinar ou reunião com a cabeça cheia de novos fatos e números, apenas para descobrir que pode se lembrar de muito pouco disso apenas algumas horas depois.
  • É mais fácil lembrar de coisas que têm significado. Coisas com pouco ou nenhum significado, tais como as sílabas sem sentido que Ebbinghaus tentou aprender, estão mais de acordo com a Curva do Esquecimento. Então, por exemplo, se você estiver ouvindo uma palestra sobre um assunto que você realmente não entende ou tem pouco interesse, provavelmente irá esquecer mais rápido do que se fosse sobre um assunto que você achou realmente envolvente ou empolgante .
  • A forma como algo é apresentado afeta o aprendizado. O mesmo conjunto de informações pode ser mais ou menos memorável, dependendo de quão bem é comunicado. Você provavelmente irá achar mais fácil lembrar de algo que foi organizado de forma lógica e apresentado com clareza. Mas você pode muito bem esquecer aquela lista de compras rabiscada e aleatória!
  • Como você se sente afeta o quão bem você se lembra. Hermann Ebbinghaus acreditava que fatores fisiológicos, como estresse e sono, desempenham um papel significativo na forma como retemos informações. Muitas pessoas vivenciam isso como um ciclo vicioso – elas sentem estresse, o que torna mais difícil lembrar, criando ainda mais estresse. Também há fortes evidências que sugerem que o sono pode ajudar nosso cérebro a classificar e armazenar informações.

Alguns aspectos da memória podem mudar com a idade. Sua memória de curto prazo pode parecer mais fraca, por exemplo, e pode ser mais desafiador aprender coisas completamente novas. Mas o trabalho de Ebbinghaus mostrou que estratégias sensatas e bom autocuidado podem ajudar a manter a memória forte.

De toda forma, é realmente tentador pensar que o trabalho de Ebbinghaus retrata um quadro sombrio de aprendizagem. Mas nem tudo sobre seu trabalho é negativo. Na verdade, sua pesquisa destacou várias coisas que podemos fazer para reter informações por mais tempo.

A descoberta mais importante que Ebbinghaus fez foi que, ao revisar novas informações em momentos-chave da Curva do Esquecimento, você pode reduzir a taxa de esquecimento! Essa abordagem costuma ser chamada de “aprendizado espaçado” ou “prática distributiva”.

Mesmo que nossa memória desapareça rapidamente, uma sessão de revisão logo após o aprendizado original pode melhorá-la. Esta sessão deve acontecer quando a recordação diminuiu significativamente, mas não caiu tão baixo que você esteja essencialmente começando de novo.

Revisar e atualizar as informações regularmente interrompe a curva do esquecimento. Embora o esquecimento comece novamente após cada sessão de revisão, é mais lento do que antes.

Os intervalos entre as sessões de revisão podem ser maiores com o passar do tempo. Então, você pode atualizar seu aprendizado com uma palestra no dia seguinte, dois dias depois, depois de uma semana, depois de 30 dias, e com isso você ainda irá saber de todas as informações importantes um mês depois!

Rever informações como essa, em pontos estratégicos depois de aprendê-las originalmente, irá ampliar sua memória e fortalecer as memórias codificadas em seu cérebro. Você também irá descobrir quaisquer lacunas nas quais precisa se concentrar e reaprender, se necessário para memorizar inglês mais rápido.

Exatamente como você define o tempo e o espaço de suas sessões de revisão irá depender de vários fatores, tais como: o tipo de material que você está aprendendo, quantos detalhes você precisa saber e por quanto tempo deseja mantê-los frescos em sua mente. Se por acaso, outras informações o perturbarem ou distraírem, você provavelmente terá que se esforçar mais para manter seu aprendizado forte.

Outra estratégia explorada por Ebbinghaus foi  a estratégia do “superaprendizado”, ou seja, colocar mais esforço do que o normal ao aprender algo. Ele descobriu que fazer isso melhorou a retenção e desacelerou a queda acentuada vista na Curva do Esquecimento.

Ele também destacou que, usando certas estratégias de memória, podemos melhorar nossas chances de reter até mesmo informações difíceis de aprender.

Faça tudo o que puder para tornar o material que você precisa aprender claro, relevante e significativo, e estabeleça um forte motivo para mantê-lo. Quanto mais você sabe como algo o beneficiará a longo prazo, mais provável será que sua memória o priorize.

Você pode também tornar as informações significativas ao reduzir distrações e outras demandas, conhecido como sua “carga cognitiva”, também deve ajudar com isso.

Se você chegar a revisar algumas informações e descobrir lacunas em sua memória, não se desespere! Este é o momento mais produtivo para estender sua memória. O aprendizado feito neste ponto será ainda mais forte devido ao desafio mental envolvido.

Se você estiver transmitindo aprendizado ou informações a um público, ou ministrando treinamento, torne isto o mais interativo possível. O simples fato de fazer perguntas irá encorajar as pessoas a classificar e fortalecer as informações em suas mentes.

De acordo com estudos científicos, um ser humano normal pode esquecer até 24 horas cerca de 80% tudo aquilo que se aprende de coisas novas. Quanto mais o tempo passa, mais fica difícil para esse conteúdo ser absorvido na sua memória, ou seja, à medida que o tempo vai passando, tudo aquilo que se aprendeu que estava fresquinha no topo da sua memória, vai afundando na sua cabeça. Essa curva do esquecimento serve para todo mundo.

A curva foi descoberta por  Hermann Ebbinghaus, um psicólogo alemão que foi o pioneiro no estudo experimental da memória. Ele também foi a primeira pessoa a descrever a  curva de aprendizado.

A curva de esquecimento ilustra o declínio da retenção de memória ao longo do tempo. A curva de esquecimento descreve a curva exponencial que ilustra a rapidez com que tendemos a esquecer as informações que aprendemos. O declínio mais acentuado ocorre nos primeiros vinte minutos, depois na primeira hora e, em seguida, a curva se equilibra após cerca de um dia.

Então, como profissional de treinamento ou aprendizagem, o que você pode fazer para superar o efeito negativo da curva de esquecimento?

A resposta mais eficaz para a pergunta acima é: Active recall (Recordação ativa).

Iremos falar mais detalhadamente sobre essa Active recall daqui a pouco. Aguenta aí!

Bom, com tudo isso que te falei, sobre a curva do esquecimento, iremos agora falar sobre os 5 segredos para memorizar inglês mais rápido.

Separe as coisas que você aprende em “caixinhas”

Neste primeiro segredo, você tem que separar as coisas que você aprende em “caixinhas”.

Primeiramente, separe as coisas que você tem certeza que sabe porque são coisas que já estão na frente da sua cabeça, bem no topo de sua memória, que são coisas que você lembra e não precisa mais estudar. Aí tem outra caixinha que tem o conhecimento que você sabe, ou seja, coisas que você já estudou mas não lembra.

Quando falamos de “caixinhas”, significa dizer escrever ou anotar em algum lugar, algum papel ou separar em pastas tudo aquilo que você sabe e não sabe. Por exemplo, você já sabe se apresentar em inglês, perguntar como outra pessoa está e de onde ela é? Se você por acaso sabe, você não precisa mais assistir aulas sobre isso. Outro exemplo: Você já aprendeu a falar o “Have you ever been…?”. Ok, você sabe mas não lembra direito como faz. Isso é uma coisa que você recordar e aprender aquilo que você não lembra mais.

Então, é importante você ter a caixinha das coisas que você ainda vai aprender. Isso acaba não entrando no seu estudo de agora. Portanto, você tem coisas que você já sabe e aprendeu, coisas que você sabe e não lembra e coisas que você ainda não sabe e vai aprender. Com isso, você tem que juntar tudo isso para depois então partir para coisas novas para o seu aprendizado.

Esse é um segredo muito especial, dentre os 5 segredos para memorizar inglês mais rápido que estou passando para você. Se você fizer tudo isso que eu falei, com certeza você irá evoluir muito no seu aprendizado.

Outro exemplo que posso dar para vocês: uma pessoa que ainda está aprendendo inglês, digita no YouTube “como aprender inglês com filmes e séries“. Se você estiver no aprendizado básico de inglês, todo teu conhecimento irá afundar. Sabem por quê? Porque quando você for assistir algum filme ou série, isso irá fazer com que você fique pausando a cada 5 segundos, fazer você ir procurar as palavras no dicionário, irá te cansar e te deixar entediado e frustado e talvez fará com que você desista de aprender inglês.

Dentro do meu curso completo de inglês você irá encontrar tudo que você precisa aprender e está tudo organizado em pastas separadas para facilitar no seu aprendizado.

Estude menos e revise mais

Esse segredo é muito importante. Se você colocar muito conteúdo na sua cabeça, isso irá sobrecarregar a sua mente e te deixará totalmente frustado. Vou te falar uma coisa que já falei várias vezes. No YouTube, há muitas videoaulas de inglês, mas você não precisa de mais uma aula de inglês. Muito conteúdo irá te cansar e no final das contas, você não irá aprender quase nada de tudo o que você assistiu.

Tudo isso porque você está estudando muito e revisando muito pouco. Portanto, estude menos e revise mais!

Você precisa aprender em pequenas doses e a parte de revisar é muito importante para você fixar tudo o que você aprendeu.

Active Recall (Recordação ativa)

Esse segredo do Active Recall também é muito importante para memorizar inglês mais rápido. Você precisa forçar a sua mente a lembrar de tudo aquilo que você aprendeu.

A active recall (recordação ativa) é um princípio de aprendizagem eficiente, que afirma a necessidade de estimular ativamente a  memória  durante o processo de aprendizagem. Ela contrasta com uma revisão passiva, na qual o material de aprendizagem é processado passivamente, por exemplo, lendo, assistindo, etc.

Ler um texto sobre George Washington, por exemplo, sem nenhuma ação adicional, é uma revisão passiva. Responder à pergunta “Quem foi o primeiro presidente dos EUA?” É um active recall. A recordação ativa é muito eficiente na consolidação  da memória de longo prazo.

Muitas vezes pensamos que a aprendizagem é um processo pelo qual você se testa depois de aprender todas as informações. Certamente é contra-intuitivo fazer mais alguma coisa. Na verdade, isso não pode estar mais longe da verdade!

A recordação ativa envolve a recuperação de informações da memória por meio, essencialmente, de um teste de si mesmo em cada estágio do processo de revisão. O próprio ato de recuperar informações e dados de nossos cérebros não apenas fortalece nossa capacidade de reter informações, mas também melhora as conexões em nossos cérebros entre diferentes conceitos.

Essa técnica chamada Active Recall (recordação ativa) é um princípio de aprendizagem eficiente, que afirma a necessidade de estimular ativamente a memória durante o processo de aprendizagem. Contrasta com a revisão passiva, na qual o material de aprendizagem é processado passivamente.

Talvez a razão pela qual não gostamos de usar a recordação ativa é que ela é mais difícil e mentalmente desgastante do que reler. Mas o ponto-chave é que a revisão deve ser cognitivamente exigente! É útil pensar sobre isso em termos de ir à academia – se você estiver levantando pesos leves, não fará muito progresso, mas se estiver levantando pesos que testam sua força, é mais provável que desenvolverá músculos mais rapidamente.

Acontece o mesmo com o desenvolvimento do “músculo” do cérebro – quanto mais trabalharmos para recuperar informações, mais eficaz nosso cérebro se tornará em armazenar e relembrar essas informações no futuro.

Então, como podemos aplicar a Active Recall em nossos próprios estudos? Existem estratégias que são mais eficazes para memorizar inglês mais rápido?

Bem, em primeiro lugar, quase tudo o que fizermos que requeira o uso de esforço cognitivo e capacidade cerebral para recuperar informações que será útil.

No entanto, mais especificamente, usei uma série de estratégias que utilizavam a memória ativa e, a seguir, estão três abordagens que, pessoalmente, achei úteis.

Apesar das evidências mostrarem que fazer anotações não é uma técnica de revisão eficaz, ainda parece intuitivamente produtivo escrever coisas, certo? Eu não queria parar completamente de fazer anotações, então tentei adaptar esse desejo de fazer anotações e comecei a escrever perguntas para mim mesmo.

O processo de escrever perguntas para você mesmo com base no material do plano de estudos. Isso produz uma lista de perguntas com a ideia principal de que, em vez de reler passivamente ou destacar as informações como frequentemente somos tentados a fazer, somos forçados a nos engajar ativamente em um esforço cognitivo para recuperar as informações para responder às perguntas que fortalecem as conexões entre as informações em nossos cérebros e melhora nossa capacidade de lembrar essas informações em um exame.

Em essência, escrever perguntas força você a se envolver em um esforço cognitivo e quanto mais força cerebral é necessária para lembrar um fato, mais cansativos são seus estudos e mais você vai ganhar com o tempo que dedica à revisão.

O Active Recall funciona como um flashcard que nós disponibilizamos no curso Inglês Winner para você seguir os 5 segredos para memorizar inglês mais rápido e funciona assim: de um lado você terá a frase em português e do outro, a frase em inglês. Primeiramente, você aprende a frase em inglês e depois você olha para a frase em português repetindo várias vezes esse processo de aprendizado.

Com isso, você força a sua mente com aquele conteúdo que estava se afundando na curva de esquecimento e o leva para o topo da sua mente, transformando-se na curva da lembrança.

Há um aplicativo que você pode fazer essa técnica que eu sempre uso no cotidiano e nas minhas aulas que é o Quizlet. Para mim, esse aplicativo é o melhor para fazer revisão e ele é muito fácil de manusear.

Conclusão

Portanto, você precisa se focar na linguagem de alta frequência que é a mais utilizada em uma conversação do nosso cotidiano e não aprender inglês com filmes, séries e palestras de linguagem difícil. Isso não é necessário para você aprender de início, pois isso irá te deixar cada vez mais frustrado e desanimado no aprendizado do idioma da língua inglesa e você irá evoluir nos 5 segredos para memorizar inglês mais rápido.

Assim como acontece em todas as línguas, o inglês tem uma porção de palavras cuja frequência de uso no nosso dia a dia determina sua importância. Para quem quer aprender a falar inglês (ou qualquer outra língua), conhecer as chamadas “palavras de alta frequência” é um recurso indispensável para dominar o idioma e tornar o processo de aprendizagem mais fácil.

Atualmente alguns estudos mostram que se focarmos intencionalmente no aprendizado dessas palavras o aluno, isso automatizará seu conhecimento durante a leitura e com essa automatização terá mais recursos cognitivos para lidar com elementos textuais ainda não automatizados, levando, então, à uma melhora na compreensão de texto.

Isso porque as palavras de alta frequência, em geral, têm muito mais significados e funções gramaticais do que palavras de baixa frequência. Se simplesmente batemos o olho num texto e reconhecemos as palavras de alta frequência temos o conteúdo do texto revelado. Essa é, inclusive, uma estratégia de leitura muito importante.

Alright, my friends. Thanks for watching this live video. I truly hope to see you tomorrow. Bye, bye! (Isso aí, meus amigos. Obrigado por assistirem este vídeo ao vivo. Eu espero de verdade ver vocês amanhã. Tchau, tchau!).

Ahh… e se gostou dessa videoaula sobre Como Memorizar Inglês Mais Rápido, então deixe o seu comentário aqui abaixo. Seu feedback é muito importante para nós.

Veja também:



Gostou deste conteúdo?
Então, receba mais conteúdos de inglês em seu e-mail:


Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários